Tags

, ,

Antes de ele chegar pensei em dizer tudo o que era preciso, de acabar com essa traição do lado de lá. Eu não traio, ajudo a trair, costumo dizer.

Quando ele apareceu esqueci das palavras, lembrei da saudade de ter aquele corpo sobre o meu. Senti-lhe a boca, senti-lhe o desejo me desejando. Que desejo!

Lembrei do que ele mais gostava. Deixei-o me despir, deixei-o me fuder ali na sala, depois no quarto, não disse nada. Nenhuma palavra, apenas meu prazer, o nosso.

Ele foi embora, quando encostou a porta lembrei que esqueci de dizer o que era preciso. Porém logo lembrei do seu corpo sobre o meu. Talvez eu não precise dizer nada. Sou puta. Sua puta.

Anúncios