Enquanto ainda vestidos ele me apertava em seus braços, tocava sua pele áspera em minha pele suave, me cheirava e dizia “Adoro o seu cheiro, e não é o seu perfume, seu creme, é o cheiro de você.” Delirei.

Anúncios