Então você acorda porque o relógio chama para o trabalho, você se vira na cama, sente uma leve dor nos braços, ao sentar-se (ainda na cama) não sabe por que seu bumbum dói um pouco. 

Se ajeita, abre os olhos, estica o braço. 

Ah, sim, agora você se lembrou da noite prazerosa de ontem, sorri. Lembra da cama, os lençóis, espelhos, sussurros… 

E assim passa o dia todo. Um movimento brusco ali, um estalo na perna acolá. O vão das pernas está dolorido, há uma leve mancha nos braços.

Dói esse tanto de prazer.

Anúncios