Tags

, ,

Enquanto sua mão desliza

Eu sussurro algo que você já não ouve.

Eu penso em lhe pedir gentilezas.

Você as cumpre sem ao menos eu dizê-las.

Você pode me ouvir? Um silêncio.

Não sei onde será o próximo toque.

E aqui dentro um furacão. Não demore.

Você, suas mãos, seu corpo rude junto ao meu.

Rebolamos, cruzamos, sentimos, gozamos.

Naquilo que chamamos de amor, intensificamos.

Ficamos.

Amamos.

_________________________________________________________________

E UM FELIZ DIA DO SEXO À TODOS NÓS

BEIJOS CARINHOS E PERVERTIDOS!

E para comemorar o dia indico um filme bem quente: Carne Trêmula – Almodóvar

(eu ia colocar o link do vídeo no YouTube, mas não o encontrei mais)

Anúncios